EPM realizará o seminário ‘Capacitar para conciliar (violência doméstica e familiar)’

Inscrições estão abertas até 2 de junho.

 

No dia 18 de junho, será promovido na EPM o seminário Capacitar para conciliar (violência doméstica e familiar), sob a coordenação das juízas Teresa Cristina Cabral Santana e Rafaela Caldeira Gonçalves, integrantes da Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Poder Judiciário do Estado de São Paulo (Comesp). As atividades acontecerão das 9 às 12 horas, no auditório do 4º andar do prédio EPM.

 

As inscrições são gratuitas e abertas a mediadores, conciliadores, servidores e funcionários terceirizados que atuem nos Cejuscs do Estado de São Paulo.

 

São oferecidas 180 vagas presenciais e 600 na modalidade a distância. Haverá emissão de certificado de conclusão de curso àqueles que registrarem frequência (para isso, o aluno deve assinar a lista de presença na modalidade presencial e assistir integralmente à aula dentro do prazo de cinco dias na modalidade a distância).

 

Inscrições e matrículas: podem ser feitas até o dia 2 de junho (ou até o preenchimento das vagas). O interessado deverá acessar a área Inscrições do site da EPM, preencher o campo CPF e escolher o curso. Magistrados e funcionários do TJSP deverão preencher login e senha do correio eletrônico e seguir as instruções indicadas nas telas. Alunos e ex-alunos da EPM sem vínculo com o TJSP deverão preencher usuário e senha de acesso à “Sala de alunos”, conferir os dados e, se for o caso, atualizá-los (caso não lembrem, basta clicar em “esqueci minha senha”). Os demais interessados deverão preencher a ficha completa. Em seguida, deverá ser selecionada a modalidade desejada. Após o envio da ficha oportunamente será remetido e-mail confirmando a inscrição.

 

A matrícula será feita de maneira cronológica e respeitando o público-alvo. Não há necessidade de enviar documentos.

 

Confira outras informações no edital.

 

Programa:

 

Aspectos da violência de gênero, doméstica e familiar contra a mulher. Ciclo da violência. Efeitos e consequências da violência. Identificação. Masculinidades   

Psicólogo Flávio Urra

 

Lei Maria da Penha. Contexto histórico e cultural. Aplicação. Medidas protetivas de urgência. Atuação em rede. Proteção e prevenção da violência em consonância às disposições da Lei Maria da Penha

Advogada Cláudia Patrícia de Luna Silva

 

LS (arte)