EPM estabelece convênio com a Escola Superior da Magistratura de Goiás

Nessa terça-feira, 24 de maio, foi firmado um acordo de cooperação acadêmica e tecnológica e de prática judiciária entre a Escola Paulista da Magistratura (EPM), o Tribunal de Justiça do Estado de Goiás e a Escola Superior da Magistratura do Estado de Goiás “Des. Romeu Pires de Campos Barros” (Esmeg). O convênio foi assinado pelo desembargador Armando Sérgio Prado de Toledo, diretor da EPM, e pelo juiz substituto em segundo grau José Carlos de Oliveira, diretor da Esmeg. 

Direcionado para o intercâmbio na área de educação a distância, o convênio tem como objetivo a realização de cursos de capacitação e atualização para magistrados e servidores do Judiciário, bem como cursos de aperfeiçoamento para fins de vitaliciamento e de promoção por merecimento de juízes, que atendem às exigências da Resolução 126 do Conselho Nacional de Justiça e às proposições Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam). 

Com o acordo, os magistrados do Estado de Goiás terão acesso, por meio de videoconferência, aos cursos de aperfeiçoamento promovidos pela EPM e poderão oferecer cursos para o aprimoramento da magistratura paulista.