Avaliadores do Conselho Estadual de Educação visitam a EPM

No dia 1º de junho, o desembargador Armando Sérgio Prado de Toledo, diretor da EPM, e o juiz Régis de Castilho Barbosa Filho, conselheiro e responsável pela Coordenadoria de Formação em Política e Gestão Judiciária da Escola, reuniram-se com os avaliadores do Conselho Estadual de Educação (CEE) Marco Antônio Ribeiro Tura, procurador de Justiça, e Patrícia Ulson Pizarro Werner procuradora do Estado diretora da Escola Superior da Procuradoria Geral do Estado de São Paulo. 

A visita fez parte do processo de recredenciamento da EPM no CEE, que deve ser realizado a cada cinco anos para que a Escola possa ministrar cursos de especialização. Na oportunidade, os representantes do CEE analisaram a documentação relativa aos cursos de pós-graduação e visitaram as instalações da Escola, conhecendo os auditórios e salas de aula, o estúdio de transmissão de videoconferência e a biblioteca.

Desde o credenciamento no CEE, em 2000, a EPM passou a oferecer cursos próprios de pós-graduação lato sensu, que são abertos a todos os bacharéis em Direito e compreendem as áreas de Direito Público, Penal, Processual Penal, Processual Civil, Privado (que abrange os cursos “Direito Empresarial”, “Direito Privado - Novos Temas de Direito Civil” e “Direito de Família e Sucessões”), Direito do Consumidor, “Métodos Alternativos de Solução de Conflitos”, Direito Eleitoral e Processual Eleitoral (em parceria com a Escola Judiciária Eleitoral Paulista - EJEP) e Direito Notarial e Registral Imobiliário – os dois últimos iniciados nesse semestre.